fachada hospital
Gcom/MT
Após ser baleada, a mulher foi socorrida pelo marido e levada ao Hospital Regional de Sorriso

Em Itanhangá (MT) , município localizado cerca de 450 km de Cuiabá, uma mulher morreu após ser atingida por um suposto tiro acidental disparado pelo marido , enquanto praticavam caça . A Polícia Civil está investigando se a ocorrência foi, de fato, um acidente. As informações são do portal UOL. 

O caso aconteceu na madrugada de domingo (04). Segundo o boletim de ocorrência, Cleane Pereira Araújo, de 42 anos, foi levada ainda com vida ao Hospital Regional de Sorriso e chegou a conversar com a polícia.

"Os policiais conversaram com a vítima, que relatou que estava no município de Itanhangá, em uma mata, acompanhada pelo marido, que estava praticando caça", informou a corporação.

Conforme o relato de Cleane, registrado pela polícia, "em determinado momento, a espingarda do marido estava próxima da vítima e escorregou de onde estava e com o impacto no chão, disparou acidentalmente, a atingindo na região do abdômen".

A mulher foi levada ao hospital pelo marido, mas não resistiu aos ferimentos e algumas morreu horas depois.

    Veja Também

      Mostrar mais