O momento em que Cássio Remis é baleado por Jorge Marra
Reprodução
O momento em que Cássio Remis é baleado por Jorge Marra.

No último domingo (27), Jorge Marra, ex-secretário acusado de matar o candidato a vereador Cássio Remis , se entregou à polícia. Os delegados que colheram o depoimento de Marra informaram que ele deve ser indiciado por homicídio qualificado, porte ilegal de arma de fogo e roubo.

Jorge Marra se entregou na Delegacia Regional de Patrocínio e, após o depoimento, foi preso. Um mandado de prisão preventiva contra o suspeito já havia sido expedido.

De acordo com a Polícia Civil, Jorge Marra afirmou que agiu em legítima defesa. O ex-secretário também disse, em depoimento, que se sentiu ameaçado por Cássio Remis .

Quando perguntado sobre a fuga para a cidade de Perdizes e se estaria arrependido do crime, Jorge Marra ficou em silêncio. 

Sérgio Rodrigues Leonardo, advogado de Marra, informou que irá entrar com um pedido para que o ex-secretário seja solto.

A defesa do acusado diz que, como Jorge Marra se apresentou para interrogatório e respondeu as perguntas, “fica evidente a desnecessidade da prisão preventiva ".

    Veja Também

      Mostrar mais