estátua
Polícia Civil do RJ/Divulgação
Suspeitos usavam kombi para levar estátuas

Policiais da 6ª DP (Cidade Nova) prenderam em flagrante, nesta quinta-feira (24), dois integrantes de uma quadrilha especializada em roubar estátuas de praças do Rio, principalmente de bronze . Os criminosos foram capturados quando estavam tentando furtar um monumento na Praça Onze, no Centro do Rio, durante a madrugada.

De acordo com a Polícia Civil, quando os agentes chegaram ao local viram quatro assaltantes tentando furtar uma estátua . Houve troca de tiros e dois deles conseguiram fugir em direção ao Morro da Providência, que fica na região.

O bando estava com uma Kombi, que usam para transportar o material roubado. Os dois presos estavam com uma grande quantidade de monumentos que haviam sido furtados; são eles: um canhão usado na Guerra do Paraguai, que é Patrimônio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan); uma cabeça de Rosária Trotta, mãe de Frederico Trotta, militar e político brasileiro; uma estátua de uma criança em homenagem a Álvaro Dias, professor da Igreja Presbiteriana e uma placa de bronze

    Veja Também

      Mostrar mais