sirene
Creative Commons
Caso foi registrado em Goiás

A Polícia Militar de Goiás prendeu na noite desta segunda-feira (31) um homem de identidade não revelada que confessou ter matado a chineladas e socos o próprio enteado , de um ano e oito meses, na cidade de Rio Verde.

A motivação do homem seria o choro constante do menino, que pedia pela mãe, que não estava em casa. Após espancar a criança, ele a colocou na cama. O socorro só foi acionado quando a mãe do bebê chegou em casa e viu que ele não acordava nem respirada.

Questionado pelo corpo de bombeiros, o padrasto tentou fingir que o menino tinha se acidentado em casa, mas não convenceu. A polícia foi acionada e o homem confessou o crime.

“Durante a entrevista com ele ele caiu em contradição várias vezes (...) depois de muita conversa esse indivíduo acabou confessando que havia agredido a criança em determinado momento”, afirmou em entrevista à TV Anhanguera o capitão Halisson Oliveira. O policial afirmou que o homem tentou fazer com que menino retomasse consciência, mas não conseguiu.

    Veja Também

      Mostrar mais