Hospital
Reprodução/Google Maps
Homem foi levado para o hospital Doutor José Maria.

Uma mulher de 48 anos foi presa depois de atear fogo no companheiro dela, de 26 anos. O caso aconteceu na cidade de Coronel Fabriciano, em Minas Gerais, e a prisão foi efetuada no último domingo (30). A detida diz que agiu para se defender do homem.

Segundo a Polícia Militar, o homem disse que a mulher derramou gasolina nele e depois colocou fogo utilizando um isqueiro. Ele foi encaminhado ao hospital Doutor José Maria. Lá, foram constatadas queimaduras de 1º e 2º grau nos braços, costas, cabeça, tronco, pescoço e pernas. Ao todo, 35% do corpo foi queimado pelo fogo.

À polícia, a mulher disse que foi ameaçada com uma faca pelo companheiro e que pegou a gasolina para se defender. Depois de acender o isqueiro, a mulher, que não teve a identidade revelada, foi encaminhada para a delegacia de Polícia Civil, junto com o isqueiro que teria sido utilizado.

    Veja Também

      Mostrar mais