leitos vazios
Gil Leonardi / Imprensa MG
O estado de Pernambuco habilitará 27 leitos pediátricos e espera aumento de casos em crianças


Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES) de Pernambuco, cerca de 647 crianças de até 14 anos tiveram Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) desde o início da pandemia do novo coronavírus. Destas, 48 vieram à óbito.



A secretaria se preocupa com um aumento de número de casos da doença, que é atribuída à Covid-19, em crianças em agosto. Por esse motivo, cerca de 27 novos leitos pediátricos serão habilitados no estado.

O motivo do crescimento de casos é atribuído à circulação de crianças acompanhadas dos pais, que voltaram a circular em espaços públicos mesmo com a pandemia ainda acontecendo.

O secretário de Saúde do estado, André Longo, afirmou que já existem 100 leitos habilitados para crianças em bebês, e 37 deles são de UTI. Ele informou ainda que a ocupação de leitos no estado é de 64%.

Em todo estado, há uma média de 53% de casos positivos para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) desde o início da pandemia em todas as idades. Com crianças, a média é de 26%.

Entre as 647 crianças que tiveram confirmação da doença, 316 tinham até 1 ano; 227 de 2 a 9 anos; 104 de 10 a 14 anos. Das 48 mortes, 26 tinham 1 ano e 18 de 2 a 9 anos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários