menina de óculos
Redes sociais
Isabele foi atingida por tiro acidental

A perícia realizada no corpo da estudante Isabele Guimarães, de 14 anos, morta na casa de uma amiga em um condomínio de luxo de Cuiabá,  mostrou que o atirador apontou a pistola para o rosto da vítima antes do disparo.

Com isso, a versão inicial de que o tiro foi dado de forma acidental quando a arma do pai da amiga de Isabele caiu no chão foi descartada. A polícia não descarta, porém, que o tiro tenha sido dado de forma involuntária, quando o gatilho é apertado “sem querer”. A perícia também mostrou que quem atirou na garota estava dentro do banheiro da suíte na qual Isabele foi morta junto com ela.

A reconstituição do crime, que ocorreu no dia 12 de julho, deve ser realizada ao longo da próxima semana e vai contar com a participação da amiga da garota, dos outros adolescentes presentes na casa e dos pais que estavam no local no momento do crime.

O pai da amiga de Isabele chegou a ser preso por não ter registro de algumas das armas presentes em casa, mas foi solto sob pagamento de fiança.

    Veja Também

      Mostrar mais