Armas e dinheiro
Divulgação/Polícia Civil
Criminosos alugavam equipamento no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro.

Policiais da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme) e da Polícia Civil de Minas Gerais prenderam na madrugada deste sábado, dia 15, quatro homens suspeitos de integrar uma quadrilha especializada em assalto a bancos e carros-fortes. O bando, segundo as investigações da Desarme, alugava  armas  de traficantes da Vila do João, no Complexo da Maré, para realizar os roubos.

Os criminosos foram presos em Juiz de Fora (MG), onde haviam realizado no início da tarde desta sexta-feira, dia 14, um assalto a uma agência bancária no Centro da cidade mineira. Eles estavam numa casa, abrigados por um quinto homem, com as armas usadas no assalto e o dinheiro roubado do banco.

Os presos são Marcello Fernandes Campos Oliveira, o Macgyver, de 50 anos; Marcelo Vilas Boas Araújo Santana, o Metralha ou Ratinho, de 50 anos; Júlio César Silva das Dores, de 41; e Marcelo Roberto da Silva Rodrigues, de 43 anos. Irlan Moreira Rios, de 47 anos, também foi preso.

“Macgyver tinha dez mandados de prisão em aberto e uma ficha extensa. No Sudeste, só não tinha sido preso ainda em Minas Gerais”, explica Marcus Amin, delegado titular da Desarme. “As armas eram emprestadas em consignação e ficavam com parte do valor da empreitada. Além da Maré, outros traficantes estão atuando nesse tipo de investimento”, conclui.

    Veja Também

      Mostrar mais