300 do Brasil
Arquivo pessoal
Casa de membro do 300 do Brasil fica em Niterói

Um dos integrantes do grupo de extrema direita 300 do Brasil que foi preso em junho , Arthur Castro, teve sua casa, em Niterói, invadida na noite desta quinta-feira (23), segundo alegou sua defesa ao site Metrópoles. Sua esposa, foi apedrejada e agredida verbalmente.

Os suspeitos jogaram pedras nas janelas e na entrada da casa do integrante do 300 do Brasil de acordo com boletim de ocorrência feito.  Eles quebraram o muro do imóvel e acertaram sua esposa, Maria Aparecida Souza Santos.

Apenas a esposa estava no local, já que o extremista está com tornozeleira eletrônica e não pode sair de Brasília. Os suspeitos teriam ofendido Maria Aparecida, chamando a de “vadia” e “piranha” e a associando a supostos crimes do esposo.

A esposa do militante do 300 do Brasil fez boletim de ocorrência e foi encaminhada para realizar exame de corpo de delito pelo apedrejamento.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários