prefeito
Divulgação
Emanuel Pinheiro, prefeito de Cuiabá

O Tribunal de Justiça do Estado do Mato Grosso ( TJMT ) decidiu prorrogar a quarentena da cidade de Cuiabá por mais 14 dias, a partir de hoje. A cidade está em isolamento desde o dia 25 de junho.

Além disso, o prefeito da cidade, Emanuel Pinheiro (MDB), foi multado em R$200 mil por descumprir decisões judiciais e demorar a publicar Decreto Municipal nos moldes do decreto estadual do isolamento . Além disso, Pinheiro permitiu que cerca de cinco mil pessoas comparecesse ao velório do pastor Sebastião Rodrigues, vítima da Covid-19.

"A Polícia Militar e a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) deveriam impedir qualquer tipo de aglomeração, mas trataram o evento como um ato excepcional, o que certamente é contrário ou não contribui ao combate à covid-19", diz a decisão .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários