carro da polícia civil
Reprodução
Polícia investiga se homem praticava os atos de abuso sexual infantil expostos nos vídeos


A Polícia Federal (PF) prendeu na manhã desta quinta-feira (9) um homem de 65 anos que guardava inúmeros arquivos com cenas de abuso sexual infantil . Ele foi detido em Bangu, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.


Segundo as investigações, o homem compartilhava as imagens na " Deep Web ", onde criminosos muitas vezes aproveitam o anonimato para realizar atividades ilegais e evitar a ação policial.

O preso vai responder por crime previsto no artigo 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que prevê prisão de um a quatro anos para quem disponibilizar, transmitir ou divulgar fotografias e vídeos contendo pornografia envolvendo criança ou adolescente.

O mandado de busca e apreensão foi expedido pela 2ª Vara Criminal Federal do Rio. As investigações conduzidas pelo Grupo de Repressão aos Crimes Cibernéticos (GRCC) começaram neste ano. O homem investigado disponibilizava e transmitia os arquivos em rede internacional.

Segundo a PF, todo o material apreendido será encaminhado para a realização de exames periciais.

Os investigadores pretendem constatar ainda se o preso cometia outros crimes como a produção dos arquivos, bem como estupro de vulnerável , que prevê pena de mais de 20 anos de prisão.

    Veja Também

      Mostrar mais