Praias do Rio de Janeiro estão movimentadas mesmo com proibição
Foto: Leo Martins / Agência O Globo
Praias do Rio de Janeiro estão movimentadas mesmo com proibição

Por determinação do prefeito Marcelo Crivella, enquanto não houver vacina para a Covid-19, está proibida a permanência nas areias das praias da cidade do Rio. No entanto, o plano de flexibilizaçao do município já permite tirar uma casquinha da orla, seja com a realização de atividades físicas, ou para tomar uma aguinha de coco num dos quiosques, seguindo, é claro, uma série de determinações.

O primeiro passo para entender o que é permitido ou não nesta fase de reabertura do município é conhecer as chamadas "regras de ouro", que são válidas em todas as etapas, e para todas as atividades. Na prática, nesta sexta-feira não haverá mudança em relação ao protocolo à beira-mar. Veja abaixo.

Regras de ouro

  • Uso de máscaras em locais públicos;
  • Constante higienização das mãos com água e sabão, ou álcool gel;
  • Álcool gel também deve estar disponível nas áreas de circulação;
  • Deverá ser respeitada uma distância mínima de dois metros (com marcações no chão);
  • Ambientes arejados com portas e janelas abertas; se houver climatização do ar deve ter manutenção constante;
  • Equipes de limpeza e funcionários deverão trabalhar com equipamentos de proteção individual
  • Higienização dos espaços deve ser feita a cada três horas; limpeza imediata após o uso; e faxina completa ao fim do dia;
  • Reforçar a etiqueta respiratória (como tossir e espirrar usando braços como proteção);
  • Pessoas com sintomas devem ser encaminhadas à assistência médica;

Dados simplificados: Carioca cria mapa da Covid-19 que permite visualizar número de casos e mortes por rua; CEP em Rio das Pedras lidera ranking negativo

A partir das "regras de ouro", então, a prefeitura do Rio, na fase chamada de 3B, que entra em vigor nesta sexta-feira, continua permitindo as seguintes atividades, com as respectivas regras:

Quiosques: nada de música ao vivo

  • Os quiosques podem funcionar, mas as mesas devem respeitar um espaçamento de 2 metros entre elas, dando preferência aos espaços abertos;
  • É vedado o sistema self-service;
  • Os estabelecimentos não podem ultrapassar 50% da capacidade das mesas nos espaços internos;
  • Os quiosques não podem funcionar após as 23 horas;
  • A tradicional música ao vivo continua proibida.

Mar e areia apenas para prática de esportes individuais

  • Vedadas aglomerações — e permanência — de pessoas na areia e no mar, onde são permitidas apenas a prática de esportes individuais;
  • Vias públicas abertas para o funcionamento de áreas de lazer;
  • Clubes, associações, hipódromos, quadras de aluguel e congêneros podem abrir, mas esportes de contato estão proibidos;
  • Escolinhas de treinamento continuam fechadas;
  • Eventos em espaços fechados continuam proibidos;
  • Aulas de voo estão autorizadas;

Criatividade: Conheça o casal que se veste como astronauta para caminhar na orla do Rio durante a pandemia

Multa de R$ 107 passa a ser aplicada

A proibição a banhistas na areia da praia permanece, como revelou em coletiva de imprensa nesta quinta o prefeito Marcelo Crivella. Quem desobedecer poderá ser multado em R$ 107. O prefeito afirmou que locais como as praias, onde é difícil permanecer de máscara, só devem ser liberados depois que houver vacina ou retroviral contra o novo coronavírus, ou quando os índices de contágio estiverem perto de zero.

— Desde que começamos a usar máscaras, nossos níveis de contágio estão caindo. Tirar a máscara é um gol contra, porque ela é o principal fator para reduzir a carga viral e a contaminacão na nossa cidade. Nos parques, a pessoa consegue caminhar de máscara. Na areia da praia, devido ao calor, é mais difícil. Quem desobedecer, será multado em R$ 107 — disse.

Em relaçao ao comércio, informou a prefeitura, as regras em vigor desde fases anteriores seguem valendo. Tanto na rua quanto nos shoppings, permanece o limite de lotação, além do controle de acesso dos consumidores e exigências para que seja mantido o distanciamento social e que se exija o uso de máscaras. Os ambulantes legalizados continuam autorizados a trabalhar, com exceção para os com ponto fixo e também os que que atuam de maneira itinerante nas praias.

Decisões tomadas com base em indicadores

Crivella ressaltou que os anúncios sobre as fases de flexibilização são feitos após reuniões com o conselho científico que auxilia a prefeitura na luta contra o novo coronavírus. As decisões se baseiam em indicadores que apontam velocidade de contágio, ocupação de leitos de enfermaria e UTI para covid-19, número de óbitos na cidade e casos de síndrome gripal, avaliados e somados a cada 15 dias e que vêm diminuindo, ainda segundo o município, apesar do início do inverno.

    Veja Também

      Mostrar mais