mulher com criança
Arquivo familiar
Mirtes com filho Miguel, de cinco anos

A mãe do menino Miguel, Mirtes Renata, foi à Delegacia de Crimes Cibernéticos do Recife na manhã desta terça-feira (7) para denunciar uma vaquinha virtual falsa criada no nome dela pedindo dinheiro para a construção de uma casa nova.

Mirtes, que teve a página do instagram hackeada pouco depois da morte do próprio filho, viu a vaquinha em uma rede social e decidiu denunciar à polícia. No texto da vaquinha, a idade dela e profissão está errada. A mãe de Miguel esclareceu também que mora em uma casa própria.



Relembre o caso

O menino Miguel Otávio, de cinco anos, morreu no dia 2 de junho após cair do nono andar do prédio de luxo no qual a mãe dele trabalhava na cidade do Recife. A mãe dele estava andando com o cachorro da família da patroa no térreo do edifício no momento da morte.

Câmeras de segurança do elevador do edifício mostram o menino tentando por várias vezes ir ao encontro da mãe. Em uma das vezes, a patroa de Mirtes, Sari Corte Real, permite que o menino fique sozinho no elevador e chega a aparentemente apertar um dos botões que vai até a cobertura do edifício.

Sari foi indiciada por abandono de incapaz e aguarda julgamento em liberdade. Miguel, único filho de Mirrtes, foi enterrado no dia 3 de junho, pouco após a morte trágica.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários