bolsonaro com criança do colo em aglomeração
Reprodução
Fora da agenda e sem máscara, Bolsonaro viajou ao interior de Minas, onde causou aglomeração e pegou criança no colo

Fora da agenda, o presidente Jair Bolsonaro viajou na manhã deste sábado (27) para Araguari (MG), município a 391 km de Brasília, fora da agenda oficial. Segundo o Palácio do Planalto, o presidente estaria em uma agenda particular. Sem máscara no rosto, ele causou aglomeração na beira de uma estrada para cumprimentar apoiadores e voltou a pegar uma criança no colo . Bolsonaro disse que sua viagem era uma "missão".

Acompanhado na viagem ao interior de Minas Gerais pelo diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Alexandre Ramagem, os ministros de Infraestrutura, Tarcísio de Freitas e da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, do pastor Wilbert Golden Batista, e do deputado federal Cabo Junio Amaral (PSL-MG), Bolsonaro foi ao Centro de Instrução de Engenharia de Construção (CIECnst) do Exército, que teve um evento neste sábado. Parte de sua manhã foi registrada em transmissão ao vivo em seu perfil no Facebook.

Bolsonaro embarcou para a Araguari por volta das 8h da manhã, da Base Aérea de Brasília. Já em Araguari, parou na beira de uma rodovia para cumprimentar populares. O presidente estava sem máscaras de proteção contra o novo coronavírus (Sars-Cov-2) e teve contato direto e próximo com as pessoas. Em dado momento, ele chegou a segurar a máscara em suas mãos, mas depois ela foi guardada. Além de pegar criança no colo, Bolsonaro também cumprimentou e se aproximou de pessoas idosas.

Na última segunda-feira (22), o juiz Renato Coelho Borelli, da Justiça Federal em Brasília, impôs ao presidente Jair Bolsonaro a obrigatoriedade de usar máscara na capital federal . Em caso de descumprimento, a multa diária será de R$ 2 mil , mas a medida só vale no território do Distrito Federal.

    Veja Também

      Mostrar mais