sari corte real
Reprodução / Facebook
Sari Corte Real está sendo investigada pela morte de Miguel Otávio, que caiu do 9º andar de um prédio em Recife

Manicure e doméstica à disposição durante a pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2) são apenas detalhes na vida de luxo que Sarí Gaspar Corte Real leva em Recife.

A primeira-dama do município de Tamandaré, localizado a 104,3 km da capital do estado, mora com o esposo Sérgio Hacker Corte Real (PSB), dois filhos menores de 10 anos e um cachorro em um dos metros quadrados mais caros de Pernambuco: as Torres Gêmeas.

O aluguel de um apartamento em um dos dois edifícios pode chegar a R$ 9.000. O condomínio é formado pelo Píer Maurício de Nassau e o Píer Duarte Coelho, cada um com 42 andares de apartamentos com 247 m² por unidade.

O conforto de Sarí contrasta com a realidade de Miguel Otávio, de 5 anos, que perdeu a vida ao cair do 9º andar do prédio onde Sarí vive. A criança era filha da empregada Mirtes Souza, que mora no bairro periférico do Barro e havia descido do apartamento para passear com o cachorro da família a pedido da patroa.

Leia mais:
Caso Miguel: "Não conseguiu dar dez minutos para o meu neto", diz avó
Governador promete apuração rigorosa no caso do menino Miguel
Ato no Recife pede justiça no caso da morte de Miguel Otávio

Enquanto Mirtes Souza recebia R$1.015,24 em um contrato firmado em 1º de fevereiro de 2017 como servidora na prefeitura de Tamandaré para trabalhar na casa dos Corte Real, a vida de regalias de Sarí inclui um IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) superior a R$ 5 mil por mês e condomínio de acima de R$ 1.200, conforme sinalizam os anúncios de locação para apartamentos na mesma torre em que a primeira-dama reside.

Em comparação com Recife, Tamandaré tem um baixo o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM). Segundo o Instituto Brasileiro de Estatística e Geografia (IBGE), o primeiro está em 0,772, enquanto o segundo segue em 0,593.

Diante do contexto, outro luxo que Sari possui é o de morar com a família em uma cidade que fica localizada a duas horas da qual o marido é perfeito, apesar da residência eleitoral ter de ser compatível com o município em que Sérgio Hacker (PSB) faz a gestão.

Antes de deletar as redes sociais devido a repercussão da morte de Miguel , Sarí Corte Real fez apelos em uma publicação compartilhada no modo público solicitando doações para um hospital ao invés de presentes no aniversário.

Mesmo Tamandaré , em Pernambuco, sendo uma das cidades com menor salário médio do estado, a primeira-dama sugeriu doações como um gesto solidário para o St. Jude Children’s Research, de Memphis, no Tennessee, Estados Unidos


Sobrenomes de poder econômico e político

A agilidade para que Sarí fosse solta por meio de uma fiança no valor de R$ 20 mil após ser detida suspeita de homicídio culposo (quando não há intenção de matar) é fruto do nome de peso da família do marido e prefeito Sérgio Hacker. Na visão do deputado federal Túlio Gadelha , “são famílias tradicionais da política pernambucana com muito poder e influência nas instituições”. 

“‘Se iludem os que acham que a #JustiçaPorMiguel será feita com facilidade. As famílias Corte Real e Hacker são famílias tradicionais da política pernambucana com muito poder e influência nas instituições. Vcs verão que Pernambuco ainda vive sob o comando de oligarquias familiares”, disse o pedetista na conta oficial do Twitter no dia 4 de junho, mesma data em que Sarí foi liberada para responder em liberdade pelo crime.

Os sobrenomes Hacker e Corte Real estão associados ao poder político em expansão nos municípios do litoral sul de Pernambuco e ao poder econômico entre empresários do estado.

Sarí Mariana Gaspar adotou o sobrenome do marido, o prefeito de Tamandaré, Sérgio Hacker , que é da terceira geração de uma oligarquia iniciada com o avô filho de imigrantes alemães José Hildo Hacker, ex-prefeito dos municípios Rio Formoso e Sirinhaém. A sogra de Sarí, Isabel Hacker, é a atual prefeita de Rio Formoso, enquanto o primo de Sérgio, Franz, é o prefeito de Sirinhaém. 

Já a família paterna de Sérgio são os Corte Real e remete ao tio Jorge Corte Real, dono da construtora AB Corte Real , ex-deputado federal pelo PTB e ex-presidente da Fiepe (Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco).

O prefeito de Tamandaré e a família costumam ser vistos na companhia do líder do Governo Federal no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB) e em setembro de 2019 recepcionaram o senador bolsonarista em um café da manhã.


Torres Gêmeas de Recife: endereço polêmico

torres gêmeas recife
Reprodução / Twitter @recifeordinario
Torres Gêmeas de Recife são prédios de luxo localizados no coração da capital pernambucana

O bairro de São José, endereço das Torres, é dos endereços históricos de Pernambuco, localizado no coração de Recife. Banhada pelo Rio Capibaribe e pelo mar, sendo considerada uma área de grande valor econômico.

A construção dos edifícios demarcou uma  época conturbada de embates entre o poder público, as empreiteiras e a sociedade civil devido a região ser considerada como patrimônio histórico pernambucano . Com a interferência das Torres na paisagem urbanística, Recife perdeu a chance de ser reconhecida pela UNESCO como Patrimônio Cultural da Humanidade, título que atrai investimentos internacionais e gera benefícios ao turismo local. 

Hoje, os moradores costumam ser figuras importantes, como políticos e empresários que circulam com carros de alto preço e vidros blindados. O edifício conta com mais de 75 câmeras para garantir a segurança dos moradores de luxo e estacionamento subterrâneo para visitantes.

Antes da morte de Miguel, a polêmica mais popular envolvendo as Torres Gêmeas era a “ chuva de dinheiro ” que caiu de um dos piers. O caso aconteceu após um dos investigados da Operação Pulso , da Polícia Federal, arremessar pacotes com grandes quantias pela janela de um dos apartamentos.

A investigação estava em busca da organização criminosa especializada em direcionar licitações e desviar recursos públicos da Hemobrás (Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia). 


Morte de Miguel, carta de desculpas e auxílio emergencial

mirtes e miguel
Arquivo familiar
Mirtes com filho Miguel, de cinco anos

Miguel Otávio Santana da Silva tinha 5 anos e morreu ao cair do 9º andar das Torres Gêmeas, prédio de luxo no centro do Recife. A criança havia acompanhado a mãe, Mirtes Renata, que trabalhava como empregada doméstica na residência dos Corte Real.

Mirtes havia descido para passear com o cachorro da família e teve que deixar a criança sob os cuidados da patroa, que estava fazendo as unhas.

A criança sentiu falta de Mirtes e entrou no elevador sozinho para ir atrás da mãe. Em imagens capturadas pelas câmeras de segurança é possível ver o momento em que Sarí desiste de tirar Miguel Otávio do elevador e ele segue para o 9º andar, onde teve acesso ao hall em que ficam as condensadoras de ar-condicionados, de onde caiu.

Sarí Corte Real responde em liberdade após o pagamento de R$ 20 mil em fiança por homicídio culposo da morte de Miguel, que aconteceu no dia 2 de junho. Sarí também está cadastrada no Auxílio Emergencial , destinado às pessoas que vivem em dificuldade extrema na crise gerada pela pandemia do novo coronavírus .

Como forma de se desculpar pelo morte de Miguel Otávio , a primeira-dama escreveu uma carta para Mirtes. Confira o texto na íntegra abaixo:

“Como mãe, sou absolutamente solidária ao seu sofrimento. Miguel é e sempre será um anjo na sua vida e na sua família. Não há palavras para descrever o sofrimento dessa perda irreparável. Nunca, mas nunca mesmo, pude imaginar que qualquer mal pudesse acontecer a Miguel, muito menos a tragédia que se sucedeu.

Te peço perdão. Não tenho o direito de falar em dor, mas esse pesar, ainda que de forma incomparável, me acompanhará também pelo resto da vida. Estou sendo condenada pela opinião pública como historicamente outros foram. As redes sociais potencializam o ódio das pessoas. Tenho certeza que a Justiça esclarecerá a verdade.

Na nossa casa sempre sobrou carinho e amor por você, Miguel e Martinha. E assim permanecerá eternamente. Rezo muito para que Deus possa amenizar o seu sofrimento e confortar seu coração.”

    Veja Também

      Mostrar mais