hospital
Edilson Dantas / Agência O Globo
Pacientes com Covid-19 na UTI de hospital privado em São Paulo

Com 289 mortes registradas nas últimas 24 horas, São Paulo chegou nesta quarta-feira (27) a 6.712 óbitos pelo Covid-19. O estado contabiliza, até este momento, 89.483 casos confirmados vírus. 

Das 645 cidades de São Paulo, 515 têm pelo menos um caso confirmado e 251 ao menos um óbito causado pela doença.

Leia mais: Com 150 enfermeiros mortos por Covid-19, Brasil pode ter colapso na saúde

O número de novas mortes por Covid-19 nesta quarta é o segundo maior desde o início da pandemia no estado de São Paulo. O recorde ocorreu na última terça (19), quando foram confirmados 324 óbitos.

Até o momento, a taxa de ocupação dos leitos de UTI destinados ao atendimento de infectados pelo novo coronavírus é de 73,2% no Estado e 87,6% na Grande São Paulo.

Doria anuncia plano de retomada econômica em São Paulo a partir de 1º de junho

O número de altas de pacientes que tiveram a confirmação da doença e que passaram por hospitais na cidade de São Paulo chegou hoje a 53,5 mil. 

Mesmo com esses dados, o governador de São Paulo, João Doria, anunciou nesta quarta-feira um novo modelo de quarentena, que foi prorrogada até o dia 15 de junho, com flexibilização em algumas regiões a partir de 1º de junho para a retomada gradul da atividade econômica.

Segundo o plano, shoppings e lojas da cidade de São Paulo, por exemplo, já poderão reabrir na próxima segunda-feira, porém com restrições. 

    Veja Também

      Mostrar mais