templo
Futura Press
Milhares de fiéis se reúnem no templo de Aparecida, em Aparecida do Norte

Uma constestação apresentada à 2ª Vara Cível da cidade de Aparecida pede que seja liberada a realização de missas no Santuário Nacional de Nossa Senhora de Aparecida , o maior templo católico do país, localizado no interior de São Paulo.

Como parte das medidas de distanciamento social, o templo - assim como outras manifestações religiosas que implicam em aglomerações - foi proibido de realizar eventos em março deste ano. A igreja argumenta, porém, que "há questionamentos técnicos " sobre a eficácia do isolamento.

Leia mais: Covid-19 afeta gravemente direito das crianças no mundo; entenda

o documento - que ainda não foi julgado - ainda menciona a orientação do presidente Jair Bolsonaro, que frequentemente defende a  inserção dos templos religiosos no rol de serviços essenciais que devem funcionar durante a pandemia. Apesar do posicionamento de Bolsonaro, o governador de São Paulo, João Doria, mantém uma postura diferente do Governo Federal.

Segue em vigor a liminar do Tribunal de Justiça que proíbe a abertura da igreja. O Santuário Nacional de Nossa Senhora de Aparecida recebe, anualmente, mais de 12 milhões de visitantes.

    Veja Também

      Mostrar mais