grupo de pessoas amontoadas ao redor de um carro
Reprodução de vídeo
Moradores registraram o caveirão dentro da Cidade de Deus em operação que deixou um morto

Um homem morreu durante um tiroteio na Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio, no início da noite dessa quarta-feira (20). João Vitor Gomes da Rocha, de 18 anos, chegou a ser levado para o hospital municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, mas não resistiu. Segundo moradores e lideranças comunitárias, a troca de tiros teve início com a entrada de um veículo blindado da PM na comunidade.

A ação da polícia interrompeu a distribuição de 200 cestas básicas que era feita pelo grupo Frente CDD, que realiza ações na comunidade em meio à pandemia do novo coronavírus.

Leia também: Polícia investiga homicídios em operação no Alemão e divulga lista de mortos

Segundo pessoas que participavam da ação, por causa da distribuição de cestas básicas, que ocorria na região conhecida como Pantanal, a rua estava muito cheia. O caveirão, de acordo com os relatos, entrou já no fim da ação. Com o início do tiroteio, moradores e pessoas que participavam da distribuição corrreram para dentro de algumas casas. Nesse momento, João Vitor foi baleado. O rapaz foi socorrido pelos policiais dentro do caveirão.

Leia também: Perícia em bala que matou João Pedro deve revelar autoria do disparo

Questionada pelo jornal Extra sobre o objetivo da operação, a assessoria de imprensa da PM informou que policiais do 18º BPM (Jacarepaguá) e da 41ª DP(Tanque) realizaram uma ação conjunta na Cidade de Deus para checar denúncias de tráfico de drogas. “Durante a entrada das equipes, os criminosos atiraram e houve confronto”. Ainda segundo a nota, um homem foi baleado e levado para o Lourenço Jorge. Ainda segundo a PM, no local foi apreendida uma pistola.

    Veja Também

      Mostrar mais