horizonte de uma praia
Creative Commons
Praia de Peruíbe é uma das que vai ter acesso restrito após decisão judicial

Poucas horas após a decisão de adiantamento dos feriados de São Paulo para conter a proliferação do novo coronavírus (Sars-Cov-2) na cidade e no estado, a Justiça determinou que pelo menos cinco praias paulistas tivessem acesso restrito entre os dias 20 e 25 de maio, data na qual os feriados foram implementados.

Até o momento, a decisão dada na noite desta terça-feira (19) pelo juiz Rafael Vieira Patara determina a restrição de turistas nos municípios de Pedro de Toledo, Peruíbe, Mongaguá, Itanhaém e Itariri. As medidas ainda são passíveis de recurso, mas devem ser tomadas em até 12 horas.

Leia também: Vereadores aprovam antecipação de feriados em São Paulo

O anúncio do “megaferiadão” fez com que prefeitos e moradores de cidades litorâneas se articulassem para impedir a chegada de turistas com possíveis novos casos do novo coronavírus na região. No Litoral Norte, moradores chegaram a fechar estradas com fogo para impedir passagem de carros. 

    Veja Também

      Mostrar mais