João Doria (PSDB) informou hoje (18), em coletiva no Palácio dos Bandeirantes, que pretende antecipar o feriado estadual de 9 de julho para o próximo dia 25 de maio (segunda-feira). De acordo com o governador, a ideia  é ampliar os índices de isolamento social no estado, que têm apresentado melhores taxas nos finais de semana e feriados.

Além do feriado estadual, o governador fez um pedido para que os prefeitos das 645 cidades paulistas antecipem feriados municipais para os dias seguintes ao dia 25 de maio.

Doria
Governo de São Paulo / Divulgação
Doria

Na capital, o prefeito Bruno Covas (PSDB) quer antecipar dois feriados municipais para os dias 20 e 21, tornando o dia 22 (sexta-feira) ponto facultativo. 

Veja mais: São Paulo chega a 4.823 óbitos por Covid-19; casos confirmados são 63.006

Você viu?

A antecipação dos feriados ainda deve passar pelo Legislativo. Doria disse que já enviou o projeto sobre o dia 9 de julho para a Assembleia Legislativa, e espera que o projeto seja votado com urgência.

"É uma forma de aumentar o isolamento e evitar o colapso do sistema de saúde", disse o governador. "É muito importante que a população de São Paulo compreenda a importância do isolamento social. Quanto maior for o isolamento social, maiores as chances de superarmos a fase mais dura da quarentena", continuou Doria.

Leia também: Moradores de Paraisópolis querem acampar em avenida até serem ouvidos por Doria

"Também nós vamos recomendar que prefeitos de outros municípios da região metropolitana do interior do Estado de São Paulo e do litoral possam igualmente avaliar com as suas câmaras municipais a antecipação de feriados municipais para os dias que sucedem a esses feriados aqui de São Paulo, ou seja, dias 26 e 27 de maio, quarta e quinta-feira da próxima semana", disse o prefeito Bruno Covas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários