Coordenador do comitê do coronavírus afirmou que lockdown pode ser necessário em SP
Redes sociais / Reprodução
Coordenador do comitê do coronavírus afirmou que lockdown pode ser necessário em SP

Diante do insucesso em aumentar as taxas de isolamento social, o comitê da Covid-19 em São Paulo já admite a necessidade de decretar lockdown na capital paulista. O coordenador Dimas Covas afirmou, em entrevista à globonews, que "cabe ao governador tomar as medidas, esse cenário está sim sendo preparado".

Segundo Dimas, as medidas adotas até aqui não surtiram efeito. "Esse isolamento de 48%, 50%, 52%, 53%, não é efetivo para controlar a infecção, a taxa de contágio, portanto terão que ser adotadas medidas mais efetivas, mais drásticas, no sentido de reduzir essa taxa de infecção", afirmou.

Leia também: Bruno Covas anuncia fim do rodízio ampliado e volta do tradicional nesta segunda

Você viu?

O governador João Doria já havia dito, em entrevista à CBN, que para evitar a rigidez das medidas de isolamento social era necessário manter a taxa acima de 55%.

Veja também: Mortes por Covid-19 crescem 432% em um mês na cidade de SP

De acordo com Dimas Covas, o sistema de saúde é o que determina a adoção ou não do isolamento total. "Se tiver que tomar alguma medida, essa medida ainda vai depender da capacidade do sistema de saúde e terá que ser tomada rapidamente, nos próximos dias, sem dúvida nenhuma, para poder refletir daqui 15, 20 dias. Caso contrário nós vamos, nesse período, observar a piora e lá na frente vamos continuar tenda a piora e não a melhora da evolução da epidemia”, completou.

A capital do estado tem, até o momento, 2.760 mortos e mais de 3 mil casos suspeitos. Ontem, o prefeito, Bruno Covas, afirmou que a cidade está perto do colapso no sistema de saúde, com 90% ocupação de 90% nos leitos de UTI e de 76% nos leitos de enfermaria.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários