Bolsonaro
Agência Brasil
Presidente Jair Bolsonaro


O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira que não pode “passar por cima do Supremo” , em referência à decisão da Corte que delegou a estados e municípios determinarem medidas restritivas de circulação em função da pandemia de coronavírus. Bolsonaro, que é a favor da reabertura do comércio, respondeu a uma apoiadora que chamou de “palhaçada” o posicionamento de governadores e do Supremo Tribunal Federal (STF).

Leia também: Governador do Ceará critica Bolsonaro e ainda vê risco de colapso da saúde

"A senhora falou aval do STF, verdade. Eu não posso passar por cima do Supremo. Inclusive, (os governadores e prefeitos) estão aumentando as medidas protetivas. Já está na casa de 10 milhões de desempregados formais no Brasil. Brasil não está em crise ainda por causa dos R$ 600", disse Bolsonaro, referindo-se ao auxílio emergencial pago pelo governo.

    Veja Também

      Mostrar mais