covid
Foto: Reprodução
No mundo já são mais de 3,5 milhões de casos confirmados e mais de 250 mil mortes;

O Ministério da Saúde atualizou os dados sobre a pandemia da Covid-19 no Brasil na tarde desta terça-feira (5). Agora, segundo a pasta, subiu para 7.921 o número de mortes pela doença, sendo 600 novos óbitos confirmados. Isso não significa que houve esse número de mortes nas últimas 24 horas. A alta corresponde a um crescimento de 8,2%.

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, os novos casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) no Brasil são 6.935, totalizando 114.715. O aumento foi de 6,4%. Já a taxa de letalidade foi de 6,8% para 6,9%.

No levantamento da pasta desta segunda-feira , o número de óbitos era de 7.321, enquanto o de pessoas com a doença era de 107.780.

São Paulo continua sendo o estado que tem mais mortes, com 2.851 das 7.921 ocorrências. A letalidade é de 8,4% no estado. Em segundo lugar vem o Rio de Janeiro, com 1.123 mortes e letalidade de 9,1%.

Tabela de casos confirmados e mortes por Covid-19
Divulgação/Ministério da Saúde
Tabela de casos confirmados e mortes por Covid-19

No quadro de casos confirmados , São Paulo também lidera a lista. O estado tem 34.053 pessoas infectadas pelo coronavírus. Em segundo lugar vem o Rio de Janeiro, com 12.391 vítimas de contaminação, sendo seguido por Ceará (11.470), Pernambuco (9.325) e Amazonas (8.109).

Segundo o Ministério da Saúde, 58.573 pacientes com Covid-19 estão em acompanhamento, 48.221 estão recuperados e 1.579 óbitos estão em investigação.

Leia também: Taxa de isolamento social em São paulo cai para 47%, aponta monitoramento

O Ministério da Saúde informou na segunda-feira (4) que divulgaria as informações sobre o avanço da Covid-19 duas vezes por dia, por volta das 15h, com dados preliminares por estados e estimativa de recuperados. Já à noite, por volta das 19h, seriam divulgadas as informações com os dados finais.

Nesta terça-feira (5), porém, isso não aconteceu. A divulgação ocorreu apenas à noite, por volta de 19h. 



    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários