Doria (PSDB) afirmou hoje (4) em entrevista coletiva que as cidades do estado de São Paulo que não atingirem o mínimo de 50% de isolamento social não entrarão na lista dos municípios que terão as flexibilizadas. O governador ainda anunciou que na próxima sexta-feira (8) serão anunciadas quais regiões e cidades poderão retomar parcialmente as atividades econômicas.

Leia também: São Paulo torna obrigatório o uso de máscara para circulação nas ruas

pessoas no metro
Rovena Rosa/Agência Brasil
A flexibilização só deve acontecer em cidades paulistas com mais de 50% de isolamento

"Não havendo um índice superior a 50%, já por este item, as cidades estarão automaticamente excluídas de qualquer flexibilização", declarou o político tucano. Os dados de saúde vão determinar quais municípios serão incluídos na lista. O governador afirmou que não vai autorizar retomada de comércio em cidades com menos de metade da população respeitando a quarentena.

No último domingo (3) a taxa estadual de isolamento foi de 59%, pouco superior à registrada no domingo anterior, com 58%. Em alguns municípios do interios o índice foi ainda mais baixo, ficando abaixo de 45%.

"Todas estas cidades precisam melhorar os seus índices, principalmente se desejarem ter algum tipo de flexibilização. Não havendo o índice superior a 50%, já por este item as cidades estarão automaticamente excluídas de qualquer flexibilização", declarou Doria.

As cidades com maiores taxas de isolamento no domingo (3) foram São Sebastião (69%), Ubatuba (67%), Lorena e Cruzeiro (64%), Ribeirão Pires, Caraguatatuba e Itanhaém (62%), São Vicente, Pindamonhangaba e Cajamar (61%), Itaquaquecetuba, Mairiporã, Ibiúna e Bebedouro (60%) e Itapecerica da Serra, Sertãozinho, Poá, Caieiras, Caçapava e Pirassununga (59%). 

As cidades com as piores taxas de isolamento, no domingo (3) foram Sorocaba, Jundiaí e Americana (50%), Assis, Itapeva, Sumaré, Itatiba, Piracicaba, Santa Barbara d'Oeste e Barueri (49%), Marília (48%), Matão e Ribeirão Preto (47%), São José do Rio Preto, Bauru e Araraquara (46%), Limeira (45%) e Araçatuba, Presidente Prudente e Catanduva (44%). 

Vale lembrar que nos dias úteis a cidade de São Paulo tem registrado taxas de isolamento abaixo dos 50%. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários