O presidente Jair Bolsonaro voltou a provocar uma aglomeração na manhã deste sábado (2), contrariando recomendações de especialistas para conter o novo coronavírus. Ele visitou um posto de gasolina em Cristalina (GO), onde abraçou apoiadores e tirou fotos.

Leia também: Bolsonaro chama Moro de "Judas" horas antes do ex-ministro da Justiça depor

Bolsonaro em Goiás com várias pessoas
Reprodução
Bolsonaro apareceu em posto de gasolina em Goiás e gerou tumulto


Leia também: Covid-19: sobe o número de mortes de profissionais da saúde no Rio

Bolsonaro chegou ao local usando uma máscara, mas depois a abaixou e deixou encostada no queixo, o que também não é recomendado. A cena foi transmitida no Facebook por um assessor da prefeitura.

A visita à cidade não constava da agenda oficial. A Secretaria de Comunicação (Secom) não informou o motivo da visita.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários