Atila
Reprodução
Atila Iamarino voltou a ressaltar importância das medidas de isolamento

Segundo o biólogo e pesquisador Dr.Atila Iamarino, o Brasil pode estar perdendo a chance de achatar a curva de contaminações e mortes por Covid-19 com o afrouxamento da quarentena.

Leia também: Alexandre de Moraes suspende nomeação de Ramagem para diretor-geral da PF

“Com 474 mortes hoje, o nosso maior número até agora, confirmamos a tendência de derrubar a curva de mortes e revertemos a situação mais controlada”, lamenta Iamarino. “Até domingo, pretendo descobrir se é pelo espalhamento para novas cidades ou retomada nas que já têm casos”.

Iamarino compara o cenário brasileiro com o português. O início da curva de contaminações de ambos os países foi semelhante, mas Portugal conseguiu derrubar o número de casos com o isolamento mais rígido. “É o caminho que poderíamos ter seguido com uma quarentena mais séria. Relaxamos e retomamos parte da vida normal, com quase o mesmo prejuízo, mas comprometemos as chances de abrir antes no futuro”, diz.

Leia também: STF vai abrir inquérito para investigar suposto racismo de Weintraub

O especialista também ressalta que respeitar a quarentena agora pode significar uma retomada mais rápida das atividades normais. “Cada semana desperdiçada agora são várias pagando lá na frente”, advertiu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários