Funerárias e cemitérios têm ficado lotados com aumento de óbitos
Yan Boechat
Funerárias e cemitérios têm ficado lotados com aumento de óbitos

Os cartórios brasileiros registraram alta de 43% no número de mortes por causa indeterminada notificadas em todo o País desde o início da pandemia da Covid-19 em território brasileiro. As informações são do Portal da Transparência do Registro Civil, da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil).

O levantamento refere-se ao período de 26 de fevereiro, data em que o primeiro caso de infecção pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) foi registrado no Brasil, até 17 de abril.

Leia também: Não vai haver "medida intempestiva" contra o isolamento, diz Teich

Na comparação desse mesmo período, em 2020 o Brasil teve 1.329 mortes por causa indeterminada, enquanto em 2019 foram registrados 925 óbitos do tipo pelos cartórios.

Esses números são mais um indício de que há subnotificação no número de óbitos pela Covid-19, como alertam as autoridades sanitárias. Isso se deve principalmente à falta de testes e a alta demanda sobre o sistema de saúde em algumas regiões onde doentes podem estar morrendo sem ter uma avaliação médica.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários