são paulo arrow-options
Agência Brasil/Rovena Rosa
Pandemia mudou rotina no estado de São Paulo

O governo de São Paulo pode anunciar, na próxima quarta-feira (22), a reabertura gradual de determinados serviços no estado. A proposta é retomar atividades comerciais cujo fechamento foi determinado pelas medidas de distanciamento social durante a pandemia da Covid-19 .

De acordo com o vice-governador Rodrigo Garcia, em entrevista publicada pela Folha de São Paulo , a ideia busca a adoção de "isolamentos ou quarentenas heterogêneas".

Ainda não há informações sobre os serviços que devem ser autorizados primeiros. A expectativa é de que o comércio de rua volte a funcionar em cidades cujo número de infecções ainda é controlado.

Leia mais: Secretários acusam MEC de não dar apoio para garantir ensino durante pandemia

É importante destacar, porém, que o governador João Doria anunciou o prolongamento da quarentena até o dia 10 de maio. Assim, parte dos negócios deve voltar a funcionar apenas a partir dessa data.

“Um plano sólido depende da curva epidemiológica , de capacidade de tratar dos doentes, de capacidade de testes, de uma série de condições. Mas também depende de acordo com cada setor de atividade”, afirmou Garcia.

O programa foi elaborado por uma equipe multidisciplinar com representantes da indústria, comércio, serviços, ciência e tecnologia. Além disso, os secretários Henrique Meirelles e Patrícia Ellen, respectivamente das pastas da Fazenda e Desenvolvimento Econômico, participaram da condução.

    Veja Também

      Mostrar mais