Homem tendo a pressão aferida
GlobalStock/GettyImages/CreativeCommons
Pico da crise da Covid-19 deve ocorrer no final de abril e começo de maio

O Brasil registrou mais 204 mortes causadas pelo novo  coronavírus  (Sars-CoV-2) nas últimas 24 horas, fazendo o total subir para 1.736, segundo balanço divulgado nesta quarta-feira (15) pelo Ministério da Saúde. A alta corresponde a um crescimento de 13,3%.

De acordo com a pasta, os novos casos confirmados de  Covid-19  são 3.058, totalizando 28.320. O aumento foi de 12,1%. Já a taxa de letalidade continuou em 6,1%.

A quantidade desta segunda se iguala ao recorde de óbitos para um dia registrado na terça, quando foi superada o número de 200. No últimos sete dias, a mortes em todo o País cresceram 84%.

No levantamento do Ministério da Saúde de terça, o número de óbitos era de 1.532, enquanto o de pessoas com a doença era de 25.262.

Leia também: Câmara exige que Bolsonaro mostre resultado do teste de Covid-19

São Paulo continua sendo o estado que tem mais mortes, com 778 das 1.736 ocorrências. A letalidade é de 7% no estado. Em segundo lugar vem o Rio de Janeiro, com 265 mortes e letalidade de 7,1%.

No quadro de casos confirmados, São Paulo também lidera a lista. O estado tem 11.043 pessoas infectadas pelo coronavírus. Em segundo lugar vem o Rio de Janeiro, com 3.743 vítimas de contaminação, sendo seguido por Ceará (2.157), Amazonas (1.554) e Pernambuco (1.484).


    Veja Também

      Mostrar mais