Nesta quarta-feira (01), o Governo do Estado de São Paulo divulgou que pesquisadores da Escola Politécnica (Poli) da Universidade de São Paulo (USP) estão desenvolvendo o projeto de um ventilador pulmonar mecânico que poderá ser produzido por fabricantes autorizados, rapidamente e com menor custo, para atender emergências em pacientes atingidos pela Covid-19 , doença causada pelo novo coronavírus .

Leia também: São Paulo tem mais de 600 profissionais de saúde afastados devido à covid-19

ventilador pulmonar arrow-options
Reprodução
ventilador pulmonar

Leia também: Deputado Osmar Terra publica fake news sobre isolamento na Holanda

A ação em meio à pandemia de Covid-19 é uma resposta a um pedido da diretoria da Poli e reúne docentes, pesquisadores, alunos e representantes da iniciativa privada. Enquanto um respirador convencional no mercado tem um preço mínimo de cerca de R$ 15 mil, o projeto da Poli permitirá produzir o equipamento a um valor em torno de R$ 1 mil.

Leia também: Casa Branca prevê ao menos 100 mil mortos pela Covid-19 nos EUA

“Por suas características, a ação irá viabilizar a construção de alguns milhares de ventiladores a partir de três semanas e ter milhares produzidos em cinco semanas”, explica o engenheiro Raul Gonzalez Lima, coordenador de um grupo de cerca de 40 pessoas envolvidas na iniciativa, que teve início no dia 20 de março, Jornal da USP .

    Veja Também

      Mostrar mais