Donald Trump%2C presidente dos Estados Unidos
Shealah Craighead/Official White House
Trump pediu que população respeite isolamento social

A Casa Branca divulgou nesta terça-feira (31) o modelo estatístico usado pelo Estados Unidos para monitoramento do novo coronavírus (Sars-CoV-2) no qual há a previsão de que o total de mortes por Covid-19 vai ficar entre 100 mil e 200 mil. A previsão foi divulgada no mesmo dia que país teve seu pior dia desde o início da pandemia , quando foram registrados mais de 700 óbitos.

A data também marca  o dia em que o país superou a China no número de mortos . O presidente americano, Donald Trump, e os especialistas que orientam o governo federal pediram que os americanos se respeitem as políticas de distanciamento social e disseram que as próximas duas semanas serão dramáticas.

"A pergunta é: o que aconteceria se não fizéssemos nada? O número subiria para entre 1,5 a 2,2 milhões de pessoas morrendo. Isso não seria possível, você veria pessoas morrendo nos lobbies de hotel, nos aeroportos. Isso não poderia continuar", disse Trump.

Leia também: Questionado sobre Bolsonaro, Trump diz que estuda banir voos do Brasil

De acordo com o presidente, as próximas duas semanas serão "muito dolorosas" e é "absolutamente crítico" que todos os americanos sigam as restrições de circulação pelos próximos 30 dias. "É uma questão de vida ou morte, francamente", completou Trump.

    Veja Também

      Mostrar mais