Coronavírus
Pixabay/rottonara
Segunda morte no Rio Grande do Sul acontece apenas um dia após a primeira

A Prefeitura de Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, confirmou a segunda morte no estado causada pelo novo coronavírus. A vítima, um idoso de 88 anos, estava internado na UTI do Hospital Moinhos de Vento. Com isso, o total no Brasil sobe para 78.

Leia também: "O Brasil Não Pode Parar": campanha do governo defende retomada de atividades

Em postagem nas redes sociais, o prefeito da cidade, Nelson Marchezan Jr, lamentou a morte: "óbitos não são fatos políticos ou ideológicos. São fatos tristes e a análise, de nossa parte, será sempre científica, com base em evidências".

“Meus sentimentos a essas duas famílias. Nossa solidariedade às demais famílias que estão apoiando parentes internados. Nossa dedicação integral para que menos porto-alegrenses passem por momentos como esses”, concluiu.

O segundo caso, que ainda não foi confirmado pela secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul , acontece apenas um dia após o primeiro. Na quarta-feira (25), morreu uma mulher de 91 anos que estava internada no mesmo hospital e apresentava condições de saúde semelhante.

Leia também: Bolsonaro diz que coronavírus não passará em lotéricas porque vidro é blindado

Até o momento, o estado contabiliza 190 casos confirmados de pessoas infectadas pelo novo coronavírus em 43 cidades.

    Veja Também

      Mostrar mais