Mulher foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros
Twitter/Reprodução
Mulher foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros

Uma estudante de 19 anos foi baleada após uma confusão durante ato apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro na tarde da quinta-feira (15) na Avenida Paulista, em área nobre de São Paulo.

Segundo relato de usuários das redes sociais, dois homens trajando uma camisa do flamengo e uma bandeira do Brasil entraram em discussão com uma artesã e o companheiro dela, dando início a uma briga.

Leia também: Coronavírus: Governador de Goiás é vaiado ao desaconselhar ato; veja vídeo

Segundo boletim de ocorrência, "após ser agredido pelo companheiro da artesã, o autor [do disparo] tirou uma arma da cintura e efetuou um disparo contra o chão, que acabou acertando a estudante que passava pelo local".

O Corpo de Bombeiros foi acionado e prestou primeiros socorros à vítima, que foi encaminhada em seguida ao Hospital das Clínicas. Nas imagens, é possível ver viaturas da polícia no local.

O autor dos disparos, um motorista de 56 anos, foi levado à delegacia e deve responder por lesão corporal e disparo de arma de fogo. Um inquérito foi aberto para investigar o caso.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários