viaturas do samu paradas na frente de um cruzeiro
Terceiro / Agência O Globo
Cruzeiro está isolado no porto do Recife

Após um caso suspeito de coronavírus a bordo, um cruzeiro com 600 tripulantes foi isolado na costa do Recife. Um canadense que estava no navio foi desembarcado para atendimento médico. Inicialmente, a suspeita era de que o passageiro tivesse sofrido um infarto, mas depois a equipe médica local apontou para suspeita de coronavírus.

Devido a isso, a Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiu suspender o desembarque de todos os tripulantes até que seja divulgado o resultado dos exames do passageiro que se sentiu mal.

Leia também: Coronavírus força STF, STJ e TSE a restringirem acesso de público em sessões

Uma equipe da Anvisa subiu a bordo para verificar as condições sanitárias da embarcação. De acordo com a agência, a permissão para o navio seguir viagem também só ocorrerá após os resultados dos exames laboratoriais do canadense.

Até o momento, o Ministério da Saúde confirmou 60 casos do novo coronavírus , mas o número deve ser maior, uma vez que o órgão depende da notificação dos estados. Nesta quinta-feira, o Ministério da Saúde anunciou que a portaria com as regras para isolamento e quarentena das pessoas suspeitas ou contaminadas com o novo coronavírus, publicada nesta quinta-feira, será corrigida para determinar que essas medidas sejam todas de caráter obrigatório.

    Veja Também

      Mostrar mais