Fernando Holiday
André Bueno / CMSP
Fernando Holiday foi eleito vereador em 2016.

O Democratas (DEM) confirmou que irá expulsar o vereador Fernando Holiday (SP) do partido e tentará cassar seu mandato. Durante uma sessão na Câmara Municipal que debatia mudanças na regra para motoristas de aplicativo, o político rasgou sua ficha de filiação do partido.

Leia também: Um ano após crime, vendedores das armas do massacre de Suzano estão soltos

Segundo Holiday, o motivo de sua indignação era pertencer ao mesmo partido que o vereador Adilson Amadeu, recém filiado à sigla e responsável por escrever o  projeto de lei que era debatido na sessão e dificultava o trabalho dos motoristas de aplicativo

O vice-presidente do DEM , Milton Leite, disse que irá expulsar Holiday do partido e tentará cassar seu mandato alegando que o vereador teria desrespeitado o estatuto partidário. Ele foi eleito para o cargo em 2016 com cerca de 48 mil votos.

Em contrapartida, Holiday disse que já deu entrada no processo de desfiliação do DEM. O destino do vereador deverá ser o Patriota.

    Veja Também

      Mostrar mais