Chuva
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação
Ao menos 36 pessoas seguem desaparecidas após deslizamentos de terra causados pela chuva

Em mais um comunicado, divulgado na manhã deste domingo (8), a Defesa Civil do Estado de São Paulo atualizou os números da tragédia na Baixada Santista após a forte chuva que caiu sobre as cidades da região no início da semana. Agora, são 42 mortes e 36 desaparecidos.

Leia também: "Ex-presidanta" e "piada": clã Bolsonaro debocha de Dilma após discurso em Paris

No detalhamento dos casos, o comunicado revela que a nova vítima identificada, entre o último balanço do sábado (7) para este, também foi no Guarujá , cidade mais atingida. Até o momento, 31 pessoas morreram e outras 36 seguem desaparecidas. Além disso, o número de desabrigados é de 329.

Santos , com oito mortes e um total de 185 desabrigados, e São Vicente , com três óbitos, também sofreram com as consequência do temporal.

Leia também: Trump exalta "amizade forte" com Bolsonaro, mas desconversa sobre novas tarifas

Previsão do tempo

No domingo (8) e na segunda-feira (9), faz calor e voltam as condições de pancadas de curta duração no final da tarde. Essas chuvas possuem baixo acumulado, por serem isoladas e rápidas, porém podem apresentar intensidade moderada-forte e descargas elétricas

    Veja Também

      Mostrar mais