suborno
Reprodução Redes Sociais
Vídeo registra Guarda Municipal do Rio de Janeiro sendo subornado


Circula pelas redes sociais um vídeo no qual um guarda municipal do Rio de Janeiro é filmado recebendo suborno de um motorista na Rua Santa Clara, no bairro de Copacabana, na Zona Sul. O funcionário teria aceitado o dinheiro para não multar o homem que havia estacionado irregularmente na via para realizar um descarregamento. A Guarda Municipal (GM) informou que já identificou o servidor e solicitou o afastamento dele das ruas. Além disso, abriu uma sindicância para apurar o caso.

No vídeo, o guarda informa que os motoristas de um caminhão e de um carro de passeio que estiveram na mesma rua naquele dia também foram proibidos de estacionar para fazer descargas. Depois de receber o dinheiro, ele aconselha o motorista a pedir uma autorização da CET-Rio para realizar o serviço na região. O guarda ainda percebe que está sendo filmado e pergunta para o homem que faz as imagens se ele está gravando a conversa. O vídeo é encerrado logo depois.

Leia mais: Morador avisa vizinhos antes de casas desabarem no Rio: 'Tragédia anunciada'

Em nota, a GM informou também que "como todo cidadão de bem, sente vergonha de atitudes assim e deixa claro que não compactua com a atitude criminosa", e acrescentou que "a atitude é ilegal e não é uma prática comum entre os servidores. Todos os casos denunciados são apurados e punidos dentro das normas da administração pública".

Leia também: Após ser preso por agredir ex-mulher, homem mata filha e atira em filho

A pena para o crime de suborno varia de 2 a 12 anos de prisão e multa. Vale ressaltar que comete o crime não apenas quem recebe o dinheiro, mas também quem faz o pagamento.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários