Cachorro Golden Retriever
Reprodução
Cachorro Golden Retriever levou um tiro do assessor parlamentar da Alerj, Rodolfo Laterça


O assessor parlamentar do PSL na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), Rodolfo Laterça, é investigado pela Polícia Civil de São Paulo por ter disparado um tiro de arma de fogo em um cachorro da raça Golden Retriever em Campos do Jordão (SP). O caso aconteceu na última sexta-feira (28).

Leia também: 'Perdemos tudo. Só não perdemos a vida', diz moradora de Realengo após temporal

A Polícia Civil cumpriu mandado de busca e apreensão na casa do assessor parlamentar e encontrou uma arma de fogo. O assessor do PSL assumiu o disparo e alegou legítima defesa.

Segundo o depoimento de Laterça à polícia, suas filhas brincavam no quintal de sua casa quando o cachorro chegou. Ao ouvir os gritos das meninas, atirou no cão, que mora em uma pousada vizinha ao imóvel.

Leia também: Após rompimento de pneu, monotrilho fica paralisado em São Paulo 

O dono do cachorro informou, segundo o Boletim de Ocorrência, que ligou para a polícia assim que viu o seu cão fugir da pousada para a casa vizinha e só e percebeu que o animal levou um tiro depois que o viu ensanguentado. O cão é adestrado.


O animal passou pelo veterinário e recebeu os socorros necessários. Recebeu alta e passa bem.

Rodolfo Laterça é é Inspetor de Segurança da Secretaria de Administração Penitenciária do Estado do Rio de Janeiro e, por isso, tem autorização para utilizar arma de fogo. Desde fevereiro do ano passado atua como assessor parlamentar do deputado estadual Anderson Moraes ( PSL ) na Alerj.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários