Flávio Bolsonaro
Roque de Sá/Agência Senado
Flávio Bolsonaro

O filho do presidente e senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ) afirmou nesta quinta-feira (19) que estima melhoras ao senador Cid Gomes (PDT), que foi atingido por duas balas de borracha disparadas por policiais nesta quarta (19), após ele ter tentado entrar em um Batalhão da Polícia Militar de Sobral (CE) com uma retroescavadeira durante um motim policial.

Leia também: Cid Gomes é baleado ao tentar invadir batalhão de polícia com trator

Flávio Bolsonaro , no entanto, explica que o desejo de melhoras não isenta Cid de ter provocado a reação dos policiais, que afirmam ter atirado para evitar que o senador do PDT avançasse em direção às pessoas que estavam no batalhão da PM. “Na democracia, existem instrumentos legais para resolver conflitos”, escreveu em seu Twitter.

Desde o início da semana a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros do Ceará estão em motim por aumento salarial, que está em negociação com o governo. Cid Gomes foi prefeito do município de Sobral entre 1997 e 2005 e governador do Ceará de 2007 a 2015.


    Veja Também

      Mostrar mais