Guarda municipal foi atropelado na Rua Santo Afonso, enquanto aplicava multa
Google Street View
Guarda municipal foi atropelado na Rua Santo Afonso, enquanto aplicava multa


Um guarda municipal foi atropelado duas vezes pelo motorista de um carro na Rua Santo Afonso, na Tijuca, na Zona Norte do Rio. O caso aconteceu na manhã de terça-feira, quando o líder operacional Orlando Toledo, de 60 anos, anotava a placa do condutor, que estava parado na vaga destinada a táxis. O atropelador já tem quatro passagens pela polícia por agressão e também atropelamento .

Segundo a Guarda Municipal, o caso aconteceu em frente à 4 ª Subinspetoria Regional de Trânsito, que cobre toda a área da Grande Tijuca. Toledo fazia a fiscalização por volta das 11h30 quando flagrou um taxista parado em fila dupla porque havia um carro particular ocupando a vaga em ponto de táxi.

Quando anotava a placa do veículo, um Fiat Toro, o motorista surgiu e ficou em frente para evitar ser multado e deu um tapa na mão do guarda. Em seguida, ele entrou no carro e acelerou em cima do agente, o jogando no chão e fugindo em seguida.

Duplo atropelamento

Testemunhas contam que o motorista parou no sinal de trânsito um pouco adiante e o agente correu até o local para abordá-lo, mas foi novamente atingido pelo veículo, sofrendo escoriações no braço e no joelho.

Leia também: Chutes e arma em punho: policiais agridem alunos em escola de São Paulo

"Trabalho há 27 anos na Guarda Municipal e nunca passei por esse tipo de situação durante o meu serviço. Me senti impotente porque não deu tempo de chegar um apoio para prendê-lo", contou guarda municipal, que aplicou duas multas ao motorista, por dirigir ameaçando pedestre, que é uma infração gravíssima, e por estacionar em local proibido por placa em ponto de táxi, de natureza leve.

O caso foi registrado na 19ª DP (Tijuca), onde foi feito o reconhecimento do atropelador por foto e constatada as passagens anteriores por agressão e atropelamento .

Toledo passou por exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) e a ocorrência foi registrada como lesão corporal, atropelamento de agente público uniformizado e também com base no Estatuto do Idoso.

    Veja Também

      Mostrar mais