Chuva em São Paulo
Tv Globo / Reprodução
Chuva e caos em São Paulo

O forte temporal que castiga São Paulo e outras cidades da região da capital paulista desde a madrugada deste domingo (9) segue trazendo transtornos à população. Agora, além dos alagamentos, desabamentos e outros problemas, algumas escolas foram obrigadas a suspender as aulas nesta segunda-feira (10).

Leia também: Chuva forte em SP deve continuar ao longo desta segunda-feira

Em São Paulo, o Colégio Visconde de Porto Seguro informou que não haverá aulas no Campus Morumbi, um dos locais que foi bastante atingido pelas chuvas, causando até alagamentos na região do Estádio e na área social do São Paulo Futebol Clube, assim como o Colégio Santa Cruz, localizado no bairro do Alto de Pinheiros.

"Em função das fortes chuvas durante toda a noite a entrada no colégios está impedida por enchente nas ruas de acesso. Comunicamos que as aulas e as atividades do período da manhã desta segunda-feira, dia 10/02, estão suspensas", informou o colégio Santa Cruz em nota às famílias.


Outros dois locais que estão fechados na manhã desta segunda é o Sesi Vila Leopoldina e o Colégio Heitor Garcia, localizado no bairro da Lapa. Em comunicado, o Ministério da Educação informou que as atividades no Campus de São Paulo (IFSP) também estão suspensas: "dado que há indicação da Defesa Civil de que as pessoas devem evitar se deslocar na cidade, pois há muitos alagamentos, a Direção Geral do Campus São Paulo suspende aulas e demais atividades no dia de hoje, 10/02/2020".

Apesar de todas as dificuldades, as aulas da rede municipal e estadual de São Paulo estão mantidas, sem qualquer tipo de suspensão. Tanto Prefeitura quanto Governo do Estado confirmaram a manutenção.

Já em Barueri, a Prefeitura divulgou nota sobre os estragos na cidade e informou que as aulas também foram suspensas na escolas municipais: "em função das dificuldades de deslocamento, as aulas foram suspensas na rede municipal de ensino e nas unidades da Fieb".

Leia também: Bombeiros registram recorde de chamadas e orientam paulistanos a ficarem em casa

    Veja Também

      Mostrar mais