Picada gerou necrose no pé.
Reprodução / Facebook
Picada gerou necrose no pé.

Uma enfermeira foi hospitalizada após ser picada por um inseto venenoso no dedão do pé. O relato de Jessica Bechara, de 28 anos, moradora de Tucuruí, no Pará, foi compartilhado no Facebook como um alerta e prevenir.

A jovem, que é pós-graduada em Urgência e Emergência disse que uma aranha marrom , da família Sicariidae, que necrosa parte do tecido afetado.

Leia mais: Pastor afirma que coronavírus é "anjo da morte" de Deus para "purificar pecado"

O fato aconteceu com Jessica quando ela foi calçar uma bota. O inseto estava alojado dentro do calçado e ela não havia percebido. A picada não gerou incômodo, o que não levantou suspeitas. Momentos depois, uma forte dor no pé chamou atenção e fez com que a enfermeira buscasse ajuda médica. 

Você viu?

"Por um descuido aqui em Belém, dia 23.12.2019 a noite, em uma visita na casa de um parente, frente da casa cheia de plantas, tirei minha botinha e depois de algumas horas calcei novamente sem bater e até mesmo observar antes de calçar e o que aconteceu: fui picada por uma aranha marrom, super venenosa, pertencente à família Sircariidae, conhecidas pela sua picada necrosante", relatou. 

Jessica deu entrada no hospital no mesmo dia e foi medicada com soro contra veneno e antialérgico. Apesar de ter passado 12 dias internada, parte do dedo da enfermeira necrosou. Ela precisou passar por procedimentos cirúrgicos para evitar que o estado avançasse. 

Leia também: De 'Maria do Pó' a 'Fuminho': Governo lança lista de criminosos mais procurados

"Hoje sou muito grata a Deus pelo livramento, pois poderia ter sido bem pior". Na publicação ela explicou que mesmo após ter alta médica, continuou sendo acompanhada devido à gravidade do caso. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários