Chuvas fizeram moradores ficarem desabrigados
Elvira Nascimento / Photo Press / Agência O Globo
Chuvas fizeram moradores ficarem desabrigados

A Defesa Civil de Minas Gerais informou, por meio de boletim divulgado na manhã de terça-feira (28), que chegou a 50 o número de mortos em decorrência das chuvas no estado. O levantamento aponta duas pessoas desaparecidas uma em Luisburgo e uma em Conselheiro Lafaiete. Só a capital mineira contabiliza 13 vítimas. Segundo o órgão, há 28.043 estão desalojados e 4.101 estão desabrigados no estado.

Leia também: Inundações deixam 15 mil desabrigados em oito municípios do Rio de Janeiro

Até o momento, 101 municípios decretaram situação de emergência e 65 pessoas ficaram feridas. O número de pessoas mortas aumentou em relação ao último boletim de segunda-feira, que indicava 47 óbitos. Foram confirmadas duas mortes em Luisburgo e uma em Divinópolis.

Ministro promete R$ 90 milhões à Minas

No fim de semana, quando 47 cidades estavam sob o decreto estadual, foi solicitado ao governo federal o reconhecimento do estado de emergência. O Ministro do Desenvolvimento Regional do Brasil, Gustavo Canuto, esteve em Belo Horizonte neste domingo e disse que os atingidos pela chuva devem ter antecipação do Bolsa Família e do saque do FGTS.

Leia também: Barragem em município do Espírito Santo não oferece risco, diz empresa

Nesta segunda (27), uma portaria publicada no Diário Oficial da União reconheceu a situação de emergência em decorrência das chuvas intensas nos 47 municípios. Canuto prometeu que o governo federal vai disponibilizar R$ 90 milhões para atender às demandas relacionadas às fortes chuvas em Minas Gerais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários