Mãe e filho arrow-options
shutterstock
PM diz que abordagem a mãe acompanhada por uma criança não é comum; contato com outro homem da região causou suspeita

Uma mulher de 19 anos foi presa em flagrante pelas autoridades de Anápolis (GO) após transportar uma dinamite de cinco quilos na mochila do filho, de 3 anos de idade. Abordada na rodoviária da cidade goiana após ter desembarcado de um ônibus vindo do Tocantins, a jovem segue detida e ainda não constituiu advogado de defesa.

LEIA MAIS: Chuvas causam morte de oito pessoas no Espírito Santo

De acordo com a polícia, a mulher foi vista conversando com um suspeito já conhecido da região logo após o desembarque. O tenente da Polícia Militar de Anápolis , Cláudio Gomes, contou ao UOL que a mulher - que teve sua identidade preservada - não teria sido abordada se não tivesse contato com o homem. Ele também foi revistado pelos policiais, mas acabou sendo liberado.

A mulher contou à polícia que trouxe a dinamite para Anápolis a mando de um terceiro, ao qual não revelou a identidade. Ela teria recebido o pagamento de R$ 1 mil para fazer o serviço de “ mula ”, conforme a avaliação do Tenente.

LEIA MAIS: Padrasto é preso como autor do incêndio que matou três crianças em Paraty

O filho de três anos foi encaminhado para o Conselho Tutelar, e ficará aos cuidados do órgão até que outro parente possa vir buscá-lo. A dinamite confiscada já foi explodida pelo Esquadrão de Bombas de Anápolis.

    Veja Também

      Mostrar mais