Marielle arrow-options
Renan Olaz/Câmara Municipal do Rio de Janeiro
Há nomes ou ruas com o nome de Marielle no Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília e Paris

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), vetou nesta quarta (22) a criação da praça Marielle Franco, homenagem à ex-vereadora do PSOL que foi assassinada em março de 2018, junto de seu motorista Anderson Gomes.

Leia também: São Paulo tem 33 ruas que homenageiam personagens e datas da ditadura

Segundo o governador, não há interesse público em homenagear a vereadora criando uma praça com seu nome do Distrito Federal . Marielle, no entanto, já teve praças ou ruas do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília e Paris batizadas com seu nome. 

O caso do assassinato de Marielle continua sendo investigado, mesmo após quase 700 dias da morte da ex-vereadora e de seu motorista. No dia 14 de março deste ano o crime completa dois anos.


    Veja Também

      Mostrar mais