Túnel
Divulgação/Polícia Civil
Imagens registradas pelos agentes mostram como estava o processo de construção do túnel

Na noite deste sábado (21), a Polícia Civil do Mato Grosso do Sul descobriu um túnel de 60m que seria utilizado por uma quadrilha para roubar o cofre de uma agência bancária na cidade de Campo Grande.

Leia também: Bandidos fazem reféns em estação da CPTM e são perseguidos pela polícia; assista

Segundo informações da corporação, o túnel ficava em um imóvel no bairro Monte Castelo e terminava exatamente embaixo do cofre. Na operação, que recebeu o nome de Hórus, os agentes do Garras, a Delegacia Especializada Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros, entraram em confronto com os suspeitos e conseguiram prender sete deles. Outros dois acabaram morrendo.

Em comunicado, o Garras informou que apresentará os integrantes da organização criminosa e o túnel à imprensa em evento nesta segunda-feira (23). A entrevista coletiva será realizada na sede da corporação e contará com a presença dos delegados responsáveis pelo caso, Fábio Peró e João Paulo Sartori.

“Nós estamos estudando a forma de fazer isso, uma vez que por conta das chuvas que caem na cidade há riscos de desabamento”, afirma Peró sobre a abertura do túnel para a visitação.

Leia também: Militares mentiram? Contradições sobre fuzilamento de músico são reveladas

    Veja Também

      Mostrar mais