Tamanho do texto

“A situação foi humilhante e em nenhum momento ele pediu desculpas”, relatou uma amiga da vítima. Caso aconteceu em Jacobina, interior da Bahia

IstoÉ

cabelo crespo arrow-options
Instagram/ reprodução
A jovem tinha cabelo crespo

Um pastor da igreja “ Assembleia de Deus” de Jacobina (BA) negou batizar uma jovem de 16 anos no dia 11 de novembro devido ela ter cabelo crespo . “Não é cabelo de crente ”, disse o líder religioso. As informações são do Bahia Notícias .

Leia também: UDN: partido extinto há 54 anos pode voltar em dose dupla

Segundo uma amiga da vítima, Martha Miranda, após a repercussão negativa do caso, o pastor deixou que a menina assinasse o formulário de batismo. “A situação foi humilhante e em nenhum momento ele pediu desculpas”, disse.