Confronto aconteceu após agentes apreenderem produtos ilegais de alguns comerciantes
Reprodução
Confronto aconteceu após agentes apreenderem produtos ilegais de alguns comerciantes

Na manhã da última segunda-feira (16), um grupo de policiais militares acabou entrando em confronto com camelôs da região do Brás, no centro de São Paulo, durante fiscalização de rotina contra a venda de produtos ilegais no local.

Leia também: Caso Flordelis: polícia ouve envolvidos na confecção de carta 'acusatória'

Imagens do confronto acabaram sendo compartilhadas nas redes sociais e mostram os agentes carregando algumas sacolas de produtos, enquanto tentam afastar os comerciantes, que tentam recuperar o conteúdo apreendido.

É possível ver a troca de agressões, com os policiais atingindo os camelôs que tentam se aproximar com chutes e golpes de cassetete, enquanto estes revidam atirando diversos objetos que estão espalhados na rua na direção dos PMs, que acabam se afastando do centro da confusão.

Leia também: Professor é investigado por desafiar aluno de 13 anos a dançar de cueca para ele

De acordo com a Prefeitura de São Paulo, apenas 124 camelôs têm autorização para trabalhar na região da Subprefeitura da Mooca, que compreende o bairro do Brás. Entretanto, o número de ambulantes é muito maior e aumenta ainda mais nesta época, quando se aproximam as festas de fim de ano.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública confirmou que ninguém foi preso durante a ação: "Nesta segunda-feira, dia 16, por volta das 08h00, na Rua Barão de Ladário, região central de São Paulo, policiais militares que atuavam em apoio à Prefeitura no combate ao comércio ilegal foram hostilizados por vendedores ambulantes enquanto faziam a apreensão das mercadorias irregulares. Ninguém foi preso na ação".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários