Sede da PF em Cabedelo
Divulgação
Sede da PF em Cabedelo, na Paraíba

A Polícia Federal cumpre nesta quarta-feira (4) mandados de busca e apreensão contra quatro vereadores de Cabedelo, na Paraíba, suspeitos de desviar recursos em contratos superfaturados com empresa responsável pela coleta de lixo. A ação faz parte da 6ª fase da Operação Xeque-Mate e conta com a participação de 20 agentes e quatro auditores da Controladoria Geral da União (CGU).

Leia também: Polícia Federal realiza operação contra tráfico de drogas em quatro estados

Os quatro vereadores foram afastados, por decisão judicial, dos seus cargos eletivos. As medidas foram determinadas pela 1ª Vara da Comarca de Cabedelo/PB. No total, são cumpridos 8 mandados de busca e apreensão nas residências dos parlamentares.

Leia também: Altos salários, pouco trabalho! Funcionários da Alerj recebem sem dar expediente

Os vereadores investigados poderão responder por organização criminosa, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e fraude licitatória. As penas, somadas, poderão chegar a mais de 30 anos de reclusão.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários