Tamanho do texto

Organização trazia cocaína da Bolívia, via Mato Grosso do Sul, até São Paulo; PF cumpre 13 mandados de prisão temporária em quatro estados do Brasil

PF arrow-options
Edilson Dantas / Agência O Globo
Fachada da Superintendência Regional da Policia Federal em São Paulo

A Polícia Federal realiza na manhã desta quarta-feira (4) a Operação Voo Baixo, com o objetivo de desarticular uma organização internacional especializada no tráfico de drogas .

Leia também: Altos salários, pouco trabalho! Funcionários da Alerj recebem sem dar expediente

O grupo era comandado por um suposto empresário do interior de São Paulo, que comprava cocaína de traficantes bolivianos, trazia até o Mato Grosso do Sul e a transportava de avião a São Paulo.

Iniciada em maio de 2018, a investigação resultou em apreensões que totalizam 2,6 toneladas de cocaína e na prisão de 11 pessoas.

Nesta quarta estão sendo cumpridos 13 mandados de prisão temporária e 33 mandados de busca e apreensão na cidade de São Paulo, além de municípios do interior de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e Bahia.

Também foram apreendidas 15 aeronaves e solicitado o sequestro de imóveis, entre eles 3 fazendas.

Leia também: Relator no TSE vota para cassar mandato de senadora apelidada de 'Moro de Saias'

Os investigados serão indiciados por tráfico de drogas e associação para o tráfico, com penas que chegam a 15 anos de prisão.